Local de Treinamento: Avenida Atlântica, 324, Leme - RJ - Contato: 21 99535-0779 - Matriz SP: 11 2506-3384
ALAMEDA SANTOS, 1293 - 9º ANDAR - SP | 11 2506-5170 | 2506-3384

Discordando para acrescentar

Você conhece alguém que tem o hábito de dizer “eu discordo”?

Pois é, este é um vício de linguagem bastante comum que nos acostumamos a dizer entre amigos e pessoas mais íntimas, mas que não pega bem num ambiente de trabalho.

“Ah, mas na empresa temos que concordar com tudo?

Pelo contrário, estamos ali também para agregar a nossa visão e fazer contrapontos. Aliás, vale dizer que montar equipes de opiniões divergentes é uma tendência nos gestores que buscam melhor performance de ideias e resultados.

A questão é que podemos falar as coisas de uma outra maneira, sem precisar contrariar as pessoas ou expô-las de uma forma que soe grosseira. Mesmo que não seja a nossa intenção, vale lembrar que comunicação é o que o outro entende.

Então, que tal substituir o “eu discordo” por “eu tenho uma outra visão”, ou “eu tenho uma segunda opinião, ou ponto de vista”? Concorda que fica mais suave? 

Até porque, pode ser que a outra pessoa nem esteja errada, apenas trouxe o assunto em pauta visto de um outro ângulo. Neste caso, diria ainda: “eu entendo o seu ponto, mas particularmente tenho um outro entendimento de tal assunto”.  

Saber ouvir e manter um diálogo saudável é essencial em qualquer situação, e mais ainda em situações profissionais, então fique atento a comunicação não violenta.

 

WhatsApp WhatsApp